segunda-feira, 28 de maio de 2018

Declarei a Guerra que não Queria - Friedrich Rosen


Declarei a Guerra que Não Queria reproduz as memórias de Friedrich Rosen (1856-1935) relativas à sua missão diplomática em Lisboa, que se conclui com a declaração de guerra da Alemanha a Portugal, por ele entregue a 9 de Março de 1916. Rosen relata com pormenor o que ele considerava ser o objectivo estratégico fundamental da sua missão em Portugal, o entendimento com a Inglaterra à custa da partilha das colónias portuguesas. Interessantes são, igualmente, os seus juízos sobre a República portuguesa e a sua classe política, visivelmente condicionados pela eclosão da guerra e o anti-germanismo crescente, que ele imputava aos sectores mais radicais do regime republicano. 

A conjuntura internacional que antecede a eclosão da guerra e as suas diversas linhas de tensão são também analisadas nestas memórias, não se abstendo Friedrich Rosen de deixar algumas notas críticas da política externa voluntarista e errática do seu Governo, que contribuiu para o isolamento geopolítico do Império Alemão e propiciou a eclosão da guerra. A tradução do original é da autoria de José Lamego, ex-Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação.

 Friedrich Rosen


Sem comentários:

Enviar um comentário

SUGESTÃO

Inferno de Dan Brown

Estamos Grávidos! E Agora? - Carmen Ferreira

A gravidez, o parto e os meses que se seguem são momentos intensos, repletos de mudanças que se sucedem a um ritmo alucinante. As dúvidas i...