domingo, 27 de maio de 2018

O Homem do Boné Xadrez - Manuel António Araújo

Em pleno século XXI, há uma aldeia onde se escravizam pessoas. Mesmo encostada às franjas duma cidade. Anos e anos de escravatura e na cidade respirava-se como se nada se passasse. Num país ufano da liberdade vinda num Abril longínquo.
Ao mesmo tempo, dois homens, amigos, enlouquecem. Um num lar, outro caminhando pelas avenidas da cidade.

Há ainda dois irmãos. Uma menina e um rapaz, um gigante de dois metros, estranho, com uma vida invulgar para contar. São as únicas testemunhas vivas dessa aldeia surreal que foi Valcova. e há um presidente de Câmara, sensível e inteligente, que transformou o sítio onde fora Valcova num ex-libris, sítio visitado por centenas de turistas que percorriam durante uma hora o chão mudo, onde se cheirava o sofrimento e o sangue das vítimas de Valcova.

Uma espécie de campo de concentração, mesmo encostado a Montes de Viriato, sem que ninguém mexesse um dedo, enquanto na Assembleia da República se faziam discursos inflamados sobre a Liberdade conquistada pelos capitães de Abril. Impressionante.

 Manuel António Araújo


Sem comentários:

Enviar um comentário

SUGESTÃO

Inferno de Dan Brown

Estamos Grávidos! E Agora? - Carmen Ferreira

A gravidez, o parto e os meses que se seguem são momentos intensos, repletos de mudanças que se sucedem a um ritmo alucinante. As dúvidas i...